quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

ISTO DE LIVROS...

Parece que os livros afinal estão-nos no sangue.
No dia em que faço a apresentação pública do meu livro Diário dos Primeiros Dias do Fim acabo por descobrir que o José Luís Vieira, que por obra de meus pais é meu irmão, tinha publicado um livro, um conto, por que não novela, que ganhou um prémio na nossa terra de adopção Sacavém. Agarrei-lhe na mão (é uma figura de estilo) e levei-o ao José Marques da Fonte da Palavra e apresentei-o. Conversa puxa conversa e fala-se de ciclismo e do gosto comum pelas bicicletas, nomeadamente pelo BTT. Ali nasce a empatia e assim aparece O Guia Prático do Ciclismo de Lazer, que brevemente vai estar à venda numa livraria perto da nossa casa.
Mas em termos de escrita na família não ficamos por aqui. Recentemente recebi um original do meu sobrinho Rodrigo Vieira, que estou a ler com redobrada atenção.
E ainda espero mais surpresas...
Afinal está-nos ou não no sangue?

Sem comentários: